DESTAQUE - IAA 2018

VWCO desembarca na maior feira de veículos comerciais do mundo
TRANSMISSÃO

Assista a transmissão da Coletiva de Imprensa da Volkswagen Caminhões e Ônibus

Até 27 de setembro, a IAA será palco de grandes mudanças: Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO) entra em nova fase para revolucionar a indústria de transportes. Nesta coletiva de imprensa, Roberto Cortes, presidente e CEO da VWCO, vai apresentar as novidades juntamente com Andreas Renschler, CEO da TRATON AG.

21 de Setembro de 2018

Volkswagen Caminhões & Ônibus - IAA 2018

Vídeo release IAA 2018: VW Caminhões e Ônibus acelera com tecnologias elétricas e conectividade

A VW Caminhões e Ônibus apresenta aos visitantes da IAA, maior mostra de veículos comerciais do mundo, tecnologias sustentáveis desenvolvidas pela engenharia brasileira. A conectividade também está presente nas atrações que partiram da fábrica de Resende (RJ) para o salão em Hannover, na Alemanha, e conquistam o público que passa pela feira, vindo das mais diversas partes do mundo. 

Esta é a nona participação da empresa neste importante evento. Confira e conheça as atrações no vídeo: https://vimeo.com/291033757

O caminhão e-Delivery e o ônibus Volksbus e-Flex são os grandes destaques. Apresentados ainda como protótipos, ambos já têm suas fases de testes definidas e também a previsão do início da produção em série. O modelo elétrico da Volkswagen para transporte de passageiros começa a rodar já no ano que vem nas ruas brasileiras e vai entrar no portfólio de vendas da marca apenas seis meses depois do caminhão e-Delivery, que está previsto para ser fabricado em série a partir de 2020.

Sempre em linha com os últimos desenvolvimentos, a Volkswagen Caminhões e Ônibus estreia com o RIO na América Latina para oferecer aos clientes este avançado conjunto de soluções digitais em "nuvem" que vai muito além das atuais ferramentas de conectividade disponíveis no mercado. Oferecendo a integração total entre veículo, frotista, pós-vendas, motorista e cliente final, a Volkswagen Caminhões e Ônibus e o RIO, parte do Grupo TRATON, vão fornecer a tecnologia que o moderno transportador exige, não importando seu tamanho ou rota.

O Brasil vai ser o primeiro mercado atendido antes dos planos do RIO de desembarcar no México, Argentina e Chile. Para atender às demandas regionais, a plataforma contará com serviços exclusivos para a América Latina, além do portfólio global do RIO, de fabricantes e outras empresas. 

21 de Setembro de 2018

Cervejaria Ambev e VW Caminhões e Ônibus anunciam compromisso global para a criação de modelo de negócio elétrico

Empresas assinaram, no dia 20/09, termo de cooperação para desenvolvimento de benchmarking em sustentabilidade para o mercado logístico global

A Cervejaria Ambev e a VW Caminhões e Ônibus assinaram nesta quinta-feira, 20/09, um termo de cooperação global para o desenvolvimento de um modelo de negócio de mobilidade elétrica. O anúncio foi feito pela diretoria da VW Caminhões e Ônibus e por Guilherme Gaia, diretor de sustentabilidade e suprimentos da  Cervejaria Ambev, na presença de Andreas Renschler, CEO do Grupo Traton, durante a IAA, maior mostra de veículos comerciais do mundo, em Hannover, na Alemanha. O objetivo das empresas é somar forças para viabilizar a utilização da propulsão elétrica na distribuição urbana de produtos e criar um benchmarking em sustentabilidade para o mercado logístico global, contemplando a operação do caminhão VW e-Delivery e seu abastecimento por meio de fontes de energia sustentáveis.

A tratativa foi revelada exatamente um mês após a Cervejaria Ambev anunciar que terá mais de 1/3 da frota parceira composta por caminhões Volkswagen elétricos até 2023. A iniciativa envolve 1.600 veículos movidos a energia limpa e é a maior do tipo já divulgada no mundo.

“Firmar este compromisso em uma feira internacional e que traz a mobilidade sustentável como grande tema desta edição é inserir definitivamente a tecnologia da VW Caminhões e Ônibus na rota de desenvolvimento mundial e, mais do que isso, de viabilidade da aplicação elétrica”, afirma Roberto Cortes, presidente e CEO da VW Caminhões e Ônibus.

“O sonho de criarmos as bases para a mobilidade elétrica, em prol da sustentabilidade, é cada dia mais real e com este compromisso reafirmamos nossa parceria para prover novas tecnologias e processos desenvolvidos no Brasil e que podem ser benchmarking para o mercado global. Sustentabilidade não faz parte do nosso negócio, ela é o nosso negócio”, comenta Guilherme Gaia, diretor de sustentabilidade e suprimentos da Cervejaria Ambev.

Com a parceria entre Cervejaria Ambev e Volkswagen, 1.600 caminhões VW elétricos serão utilizados na distribuição de bebidas das marcas como Skol, Brahma, Antarctica e água AMA até 2023. Isso significa que mais de 1/3 da frota que atende a cervejaria será composta por veículos movidos a energia limpa, deixando de emitir mais de 30,4 mil toneladas de carbono em sua cadeia logística por ano.

O primeiro caminhão a integrar essa frota será o VW e-Delivery e chegará às ruas do Brasil até o final de setembro, inaugurando assim a primeira fase de testes para determinar a tecnologia mais adequada para atender as operações da Cervejaria Ambev. O modelo será recarregado com 100% de energia elétrica proveniente de fontes limpas, como eólica e solar.

Esse é o primeiro caminhão leve 100% elétrico da América Latina com zero emissão de CO2, NOX e micro particulados. A solução está alinhada à política de desenvolvimento e promoção de tecnologias limpas do Grupo Traton, do qual a VW Caminhões e Ônibus faz parte, e da Cervejaria Ambev.

A parceria é um marco na história das duas empresas. O trabalho em conjunto representa um passo importante em direção a um futuro cada vez menos dependente de combustíveis fósseis e tem por objetivo reduzir ainda mais as emissões de gases de efeito estufa na frota que atende a Cervejaria Ambev. Entre 2014 e 2017, a companhia já reduziu esse índice em 33,9%.

Cervejaria Ambev e a Sustentabilidade

A sustentabilidade socioambiental é um pilar central do negócio da Cervejaria Ambev. Nos últimos cinco anos, a companhia destinou mais de R$ 1 bilhão para projetos voltados a esse fim em sua operação. O montante contribuiu para a superação de seis das sete metas anunciadas em 2013 para serem atingidas em 2017. Agora, a cervejaria anunciou mais um passo importante nesse trabalho, com novos compromissos, que tem previsão de atingimento até 2025. As metas, definidas pela AB InBev globalmente, são divididas em quatro pilares, sendo que um deles se refere especificamente à redução das emissões de carbono em suas operações e à compra de eletricidade de fontes renováveis:

Ações Climáticas: 100% da eletricidade comprada pela Cervejaria Ambev deve ser advinda de fontes renováveis. Além disso, a cervejaria vai reduzir em 25% as emissões de carbono ao longo da nossa cadeia de valor.

Embalagem Circular: 100% dos produtos da Cervejaria Ambev devem estar em embalagens retornáveis ou que sejam majoritariamente feitas de conteúdo reciclado.

Gestão de Água: melhorar de forma mensurável a disponibilidade e a qualidade da água para 100% das comunidades em áreas de alto estresse hídrico com as quais a cervejaria se relaciona.

Agricultura Inteligente: 100% dos agricultores parceiros da cervejaria devem estar treinados, conectados e com estrutura financeira para desenvolver um plantio cada vez mais sustentável.

Sobre a Cervejaria Ambev

Unir as pessoas por um mundo melhor. Esse é o sonho da Cervejaria Ambev, empresa brasileira, com sede em São Paulo, e presente em 18 países. No Brasil, somos mais de 32 mil pessoas que dividem a mesma paixão por produzir cerveja e trabalhamos juntos para garantir momentos de celebração e diversão.

A Ambev é uma cervejaria inovadora e temos o consumidor no centro de nossas decisões e iniciativas. Nosso portfólio conta com cervejas, refrigerantes, chás, isotônicos, energéticos e sucos, de marcas reconhecidas como Skol, Brahma, Antarctica, Budweiser, Stella Artois, Wäls, Colorado, Guaraná Antarctica, Fusion, do bem e AMA, a água mineral que destina 100% de seu lucro para projetos que levam acesso à água potável para famílias do semiárido brasileiro.

Somente nos últimos cinco anos, investimos R$ 17,5 bilhões no país e deixamos um legado além dos investimentos com nossa ampla plataforma de sustentabilidade. Esse compromisso inclui metas claras, divulgadas publicamente, e se traduz em quatro pilares: consumo inteligente, água, resíduo zero e desenvolvimento. Esse trabalho é feito com uma rede de parceiros, pois acreditamos que a construção de um mundo melhor se torna mais rica quando feita em conjunto.

Sobre a VW Caminhões e Ônibus

Fabricante dos veículos comerciais Volkswagen e MAN, a VW Caminhões e Ônibus é uma das maiores montadoras de caminhões e ônibus da América Latina. Inovadora, a VW Caminhões e Ônibus produzirá o VW e-Delivery junto com seus parceiros no Consórcio Modular, na fábrica instalada em Resende (RJ).

Desde 1981, quando iniciou suas operações, chegar ao topo do mercado, respeitando e satisfazendo as necessidades dos clientes, sempre foi o foco da montadora. E é exatamente isso que oferece a seus clientes: produtos sob medida e um excelente serviço de pós-vendas.

A empresa também é referência em inovações tecnológicas. Desde 2003, a montadora conduz estudos com combustíveis renováveis e alternativos, mesmo antes de obrigações legais.

A VW Caminhões e Ônibus é pioneira na utilização de biocombustíveis e no desenvolvimento no Brasil de caminhão dotado com sistema híbrido diesel-hidráulico. A empresa busca sempre soluções que reduzam o impacto ambiental e ajudem a preservar o meio ambiente.

Há mais de 35 anos, a fabricante mantém seu compromisso de desenvolver veículos que superem as exigências dos clientes – onde quer que eles rodem, seja pelas estradas brasileiras, latino-americanas ou africanas.

20 de Setembro de 2018

América Latina: Volkswagen Caminhões e Ônibus lança RIO, a empresa do Grupo TRATON para soluções digitais de logística

Marca de conectividade da TRATON chega ao Brasil já em 2019

Sempre em linha com os últimos desenvolvimentos, a Volkswagen Caminhões e Ônibus estreia com o RIO na América Latina para oferecer aos clientes este avançado conjunto de soluções digitais em “nuvem” que vai muito além das atuais ferramentas de conectividade disponíveis no mercado. Oferecendo a integração total entre veículo, frotista, pós-vendas, motorista e cliente final, a Volkswagen Caminhões e Ônibus e o RIO, parte do Grupo TRATON, vão fornecer a tecnologia que o moderno transportador exige, não importando seu tamanho ou rota.

“A inovação está em nosso DNA. Combinando nossos já conhecidos conceitos ‘Menos, você não quer; mais, você não precisa’ e ‘Sob medida’, o lançamento do RIO agregará soluções digitais para ecossistemas completos de transporte e logística. Isso vai representar uma evolução na tecnologia pioneira do Volksnet, incorporando suas funções e oferecendo muito mais. O transporte na América Latina será muito mais seguro e eficiente”, diz Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

O Brasil vai ser o primeiro mercado atendido antes dos planos do RIO de desembarcar no México, Argentina e Chile. Para atender às demandas regionais, a plataforma contará com serviços exclusivos para a América Latina, além do portfólio global do RIO, de fabricantes e outras empresas. Um exemplo é o pacote Security.

“Ao longo do próximo ano, os caminhões VW Delivery, VW Constellation e MAN, além dos ônibus Volksbus, destinados ao mercado brasileiro, sairão gradualmente de fábrica prontos para conexão digital através da RIO Box, que também será oferecida para instalação a quem já possui veículos da marca com interface aberta FMS. Esperamos atender os demais mercados latinos em breve, começando pelas operações de transporte em nossas fronteiras”, explica Cortes.

A interface vai gerar também benefícios em outros serviços que a VWCO oferece a seus clientes. Nos caminhões e ônibus Volkswagen conectados com a RIO Box, o atendimento aos clientes pelo ChameVolks será muito mais eficiente e ágil. Ao receber uma chamada, o consultor prontamente identificará a localização e o histórico dos indicadores que auxiliarão no correto diagnóstico do veículo. Dessa forma, o concessionário acionado estará mais preparado para realizar o atendimento, de forma eficaz, em campo ou em seu espaço, aumentando a produtividade através do menor tempo de parada do veículo para manutenção.

Amplo pacote de serviços digitais + um mundo de opções

Os veículos equipados com a RIO Box vêm com um pacote básico sem custos chamado Essentials e terão acesso a mais soluções exclusivas oferecidas no Marketplace (mercado virtual). O RIO Essentials oferece mapas digitais com a posição do veículo, análise de desempenho, consumo médio de combustível, distância percorrida no período, tempos de direção e parada, além de horas de funcionamento do motor.

Serviços RIO serão progressivamente introduzidos no Marketplace da plataforma. “Os clientes poderão aderir ou cancelar serviços individualmente, a cada dia e por veículo, sem um prazo mínimo — taxas de adesão ou prazos mínimos de permanência não se aplicam, com exceção dos serviços que exigem equipamentos adicionais (como sirene, sensores etc.)”, explica Jan Kaumanns, CEO do RIO.

Além do Essentials, os serviços RIO disponíveis aos clientes da Volkswagen Caminhões e Ônibus serão: avaliação de desempenho do veículo com maior armazenamento dos dados na nuvem; treinamentos do motorista e monitoramento; gerenciamento de tacógrafos; e planejamento de manutenção.

Outros serviços dedicados à logística avançada serão oferecidos através da plataforma, tais como: localização, cercas e alertas; gestão de entregas e troca de mensagens com o motorista; e identificação e administração de implementos.

O Security, serviço do RIO exclusivo para mercados da América Latina, busca a melhor gestão da segurança da carga e do veículo em três diferentes níveis, especialmente concebido para atender ao "plano de gestão de riscos" estabelecido pelas agências de risco.

O ecossistema de logística RIO é baseado em “nuvem”, aberto e oferece ao cliente, numa única interface, acesso a todos os aplicativos e serviços. Juntas ao RIO, reconhecidas empresas vão oferecer seus serviços através do Marketplace, como: Omnilink, Continental, Pirelli Cyberfleet, PST Positron, Bosch e DriveUp.

Com construção amigável e aberta a novos serviços na logística, o RIO é uma plataforma para oferta de serviços das start-ups e empresas inovadoras no segmento. O pacote de informações poderá ser compartilhado com o proprietário do veículo, o motorista, e num futuro próximo até com a rede de concessionários autorizados (para agendamento de manutenções, por exemplo).

Frota-piloto

Clientes brasileiros já rodam equipados com a RIO Box (equipamento que conecta o veículo às soluções em “nuvem”) para testar a novidade. Dados dos veículos poderão ser visualizados em tempo real no estande do RIO (hall 12, C21) no salão internacional IAA em Hannover, na Alemanha, de 20 a 27 de setembro.

Também na feira, todos os veículos expostos pela Volkswagen Caminhões e Ônibus estão equipados com a RIO Box. Nos modelos exibidos com propulsores movidos a eletricidade, os pilares da TRATON representados pelas palavras Clean (Limpo) e Connected (conectado) encontram-se unidos pela primeira vez em produtos com tecnologia de ponta destinados a mercados emergentes. As soluções RIO chegam à América Latina apenas dois anos após a novidade ser apresentada na Europa, justamente na penúltima edição da IAA em 2016, em Hannover.

Sobre o RIO

RIO é uma plataforma de logística aberta e baseada em “nuvem” que trará um grande avanço no ecossistema global de transporte e logística da América Latina. Combina informações sobre caminhões, reboques, motoristas e pedidos com dados sobre tráfego, clima e navegação, gerando recomendações valiosas e sob medida em tempo real.

A novidade: integrando toda a cadeia de suprimentos em um ambiente de conectividade. Oferecendo todos os benefícios da digitalização para grandes e pequenas empresas no setor de logística. E o melhor: RIO é desenvolvido pelo Grupo TRATON, e construído com base em parcerias de longo prazo com experiência no setor.

19 de Setembro de 2018

Volkswagen Caminhões e Ônibus sai na frente com tecnologias elétricas

Veículos comerciais da marca com a tecnologia já ganham as ruas em fase de testes

Montadora projeta início de produção em série de caminhões e ônibus elétricos até 2021

A Volkswagen Caminhões e Ônibus está na IAA, maior feira de veículos comerciais do mundo, com tecnologias inéditas para deixar sua marca na mobilidade do futuro. O caminhão e-Delivery e o ônibus Volksbus e-Flex são os grandes destaques. Apresentados ainda como protótipos, ambos já têm suas fases de testes definidas e também a previsão do início da produção em série.

O modelo elétrico da Volkswagen para transporte de passageiros começa a rodar já no ano que vem nas ruas brasileiras e vai entrar no portfólio de vendas da marca apenas seis meses depois do caminhão e-Delivery, que está previsto para ser fabricado em série a partir de 2020.

“Em nova avant-premiére mundial, a Volkswagen Caminhões e Ônibus apresenta agora sua solução elétrica para o transporte de passageiros. Trazemos nossa contribuição para o debate mundial sobre novas fontes de energia, com soluções viáveis e concretas, amparadas por testes com padrões internacionais”, afirma Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Em paralelo, a empresa dá passos firmes também rumo à conectividade, outro pilar da próxima geração do transporte. A ferramenta RIO já está em testes com clientes brasileiros para comprovar com suas soluções digitais podem contribuir para incrementar os negócios de transportadores, autônomos ou frotistas.

No estande da Volkswagen Caminhões e Ônibus também está o melhor da tecnologia diesel: o Constellation 33.440 e o Delivery Express são respectivamente o modelo mais pesado e o mais leve da marca para garantir soluções sob medida para as necessidades atuais dos mercados emergentes em que atua.

“Já demos início ao nosso maior ciclo de investimentos, no valor de R$ 1,5 bilhão, para focar em novos produtos, novos mercados, digitalização e conectividade da nossa marca”, revela Roberto Cortes.

Caminhão VW e-Delivery estreia com trem de força do Grupo TRATON e plataforma modular exclusiva para veículos elétricos

O e-Delivery desembarca na IAA apresentando duas novidades: o conjunto de trem de força e baterias desenvolvido pelo Grupo TRATON, do qual a Volkswagen Caminhões e Ônibus faz parte como uma das marcas fortes, e a nova configuração modular para veículos comerciais elétricos concebida pela Engenharia no Brasil, visando atender à maioria das plataformas Volkswagen. O modelo está em fase de testes e sua produção em série está prevista para 2020.

O novo trem de força desenvolvido pelo Grupo TRATON traz ao e-Delivery toda a sinergia de componentes e seus consequentes ganhos. O conjunto motor elétrico e inversor está presente em toda a linha elétrica do grupo, assim como os bancos de baterias, que compartilham as células de íon-lítio níquel-manganês-cobalto (NMC). Com o novo trem de força, o e-Delivery entrega até 260 kW de potência, com torque máximo de 2.150Nm mesmo em baixas rotações, e dispensa o uso de transmissão nas aplicações da família Delivery, devido a seu alto torque transmitido ao eixo trativo.

A configuração modular, com o reposicionamento do motor para o balanço traseiro, permite dividir o veículo em três módulos principais: módulo frontal (cabine e auxiliares), módulo central (baterias) e módulo traseiro (trem de força). Trata-se de um novo conceito para caminhão elétrico, visando flexibilizar sua construção e liberar mais espaço para baterias.

Isso permite criar distintos arranjos e combinar diferentes módulos para derivar deste veículo base novos modelos elétricos. Os pacotes modulares são totalmente independentes, flexibilizando de forma simples a utilização de diferentes componentes e conceitos, possibilitando as mais amplas sinergias entre as empresas do grupo e parceiros.

Com a nova configuração de baterias NMC, a autonomia máxima da nova família e-Delivery ultrapassa os 200 km, variando de acordo com a configuração do veículo para atender à aplicação do cliente. Assim como no Volksbus e-Flex, a recarga das baterias pode se dar em modo de oportunidade rápida de 30% em 15 minutos ou no de 100% em três horas, dependendo da configuração desejada.

O modelo apresentado na IAA também avança em seus sistemas inteligentes. Passa a contar com suspensões pneumáticas e traz um sistema de leitura inteligente da massa transportada pelo veículo para ajustar o consumo de energia, em conjunto com o Eco-Drive Mode.

Para maximizar a performance do e-Delivery, o freio tem três estágios de regeneração, para recuperar até 30% da energia durante a frenagem e utilizar a mesma para recarregar as baterias. O freio regenerativo atua antes do freio pneumático, para desacelerar o veículo, e todo o sistema pode ser ajustado conforme a condição de carga ou preferência do motorista.

Seu trem de força está preparado para partida em rampas de 30%, sem qualquer dificuldade, com o apoio do sistema auxiliar de partida em rampa (HSA).

Os sistemas auxiliares como compressores de ar, ar-condicionado, bomba de direção e de água ficam a cargo de motores elétricos controlados de forma independente, otimizando o consumo de energia dos mesmos. Eixos, chassis, rodas e pneus seguem as características tradicionais e toda robustez da nova linha Delivery, compartilhando componentes da plataforma para garantir a sinergia e escala de componentes também com a família diesel, visando à consequente redução de custos.

Com esta evolução da configuração, a Volkswagen Caminhões e Ônibus apresenta ao mercado um e-Delivery que, além de robusto, entrega alta performance. “Com dimensões adequadas às operações dos grandes centros urbanos e atributos de conforto, conectividade, segurança, baixo custo de operação e eficiência energética, nosso e-Delivery colabora para viabilizar o conceito de cidades eficientes e inteligentes, com o transporte de cargas racional e produtivo, estimulando fornecedores para apoiar essa mobilidade elétrica, especialmente em países emergentes”, destaca Cortes.

Volksbus e-Flex inova com arquitetura flexível de eletrificação

O Volksbus e-Flex é uma das grandes novidades da Volkswagen Caminhões e Ônibus na IAA com uma solução exclusiva de arquitetura flexível para eletrificação, cujo conceito pode ser aplicado em praticamente qualquer veículo da marca. A montadora desenvolveu o mais abrangente e inovador conceito de flexibilidade e modularidade a ser aplicado em veículos comerciais: em um único modelo é possível contemplar todas as variantes da mobilidade elétrica.

O modelo da VWCO pode rodar como veículo elétrico a bateria (BEV, na sigla em inglês); híbrido elétrico (HEV); híbrido elétrico plug-in (PHEV); e veículo elétrico com autonomia estendida (REEV). A performance se mantém independentemente da forma de alimentação das baterias.

Desenvolvidas pelo próprio Grupo TRATON, as baterias podem ser alimentadas em carregadores externos no conceito plug-in ou ainda por meio de um gerador presente no veículo, responsável por uma das grandes novidades dessa solução e por proporcionar seu aumento de autonomia.

Numa iniciativa de desenvolvimento em parceria e reforçando o potencial de cooperação entre as marcas do Grupo Volkswagen, foi concebido de forma exclusiva e pioneira entre as Engenharias da Volkswagen Caminhões e Ônibus (Resende) e da Volkswagen do Brasil (São Bernardo do Campo) um conjunto gerador propelido por um dos mais eficientes motores do mercado, o VW 1.4 TSI Flex, usado atualmente no Golf.

Essa motorização pode ser abastecida com gasolina ou etanol, sendo possível também uma versão para gás natural ou biometano (1.4 TGI). Com isso, se oferece um conjunto de alta eficiência energética, baixo nível de emissões e competitividade em custo.

O acionamento do conjunto gerador e motor é inteligente e feito de forma automática pelo sistema eletrônico do veículo assim que este detecta o nível de carga das baterias previamente programado.

Com a tecnologia e-Flex, reduz-se a necessidade de infraestrutura de recarga, o que pode acelerar e facilitar a introdução desse elétrico em cidades que ainda estão em fase inicial de implementação desse tipo de mobilidade. Essa configuração chega a permitir a eliminação de estações de recarga ou, ao menos, a utilização de forma balanceada, sem restringir a operação em algumas aplicações.

O Volksbus e-Flex, dotado desse conjunto extensor de autonomia, flexibiliza a quantidade de baterias necessárias para cada aplicação, podendo operar com uma quantidade mínima quando comparado ao veículo elétrico tradicional, mantendo ou até mesmo superando seu alcance em quilometragem, dependendo da aplicação.

Os bancos de baterias desse modelo são de íon-lítio níquel-manganês-cobalto (NMC) para entregar uma alta densidade energética e compartilham suas células com os veículos de passageiros de todo o Grupo Volkswagen. Com esta estratégia, obtém-se a máxima sinergia em escala de produção, colaborando para redução do custo das baterias, que hoje correspondem a uma parcela significativa do valor de aquisição do veículo.

O veículo pode rodar no modo puro elétrico, de acordo com a demanda da aplicação. Essa flexibilidade garante o livre trânsito também em zonas verdes, onde há a restrição de veículos que não sejam zero emissões.

“Esse modelo de eletrificação é bastante interessante, uma vez que sua flexibilidade atende às necessidades de emissões zero com um custo de investimento menor para fazer frente aos obstáculos que a indústria de elétricos enfrenta para sua implementação comercial, além de ampliar sua autonomia para qualquer imprevisibilidade na rota, sem deixar de atender às regras de zonas de restrições de circulação”, afirma Roberto Cortes.

Sob medida para mercados

A flexibilidade da arquitetura do Volksbus e-Flex possibilita a aplicação do veículo em diferentes mercados. É possível, por exemplo, ajustar sua configuração à matriz energética de cada país. No Brasil, ao utilizar etanol no conjunto gerador motor, se apoia a contínua expansão desse biocombustível quase neutro em CO2 (no ciclo “well to wheel” ou poço à roda), além de reduzir em mais de 90% as emissões de NOx e material particulado locais. Isso tudo sem depender necessariamente da infraestrutura de recarga local, permitindo uma introdução gradativa de tecnologias limpas nas grandes cidades.

Em outros países latino-americanos, em que muitos baseiam sua matriz energética no gás natural, o Volksbus e-Flex permite operar com a versão do motor 1.4 TGI para, da mesma forma que o TSI, reduzir as emissões de CO2 e aproveitar seus recursos naturais, melhorando os custos da operação.

Sistemas inteligentes

O veículo conta ainda com um sistema de regeneração de energia que consegue garantir o reaproveitamento de até 30% do que é necessário para o deslocamento total do veículo. O motor elétrico é capaz de entregar até 260 kW de potência, com torque máximo de 2.150 Nm mesmo em baixas rotações.

A suspensão pneumática que equipa este Volksbus também faz uma leitura instantânea do peso do veículo durante a operação e, juntamente, com o sistema Eco-Drive Mode, ajusta o consumo de energia do veículo.

Além de amigável ao meio ambiente, esse chassi segue os modernos padrões de acessibilidade, em linha com as demandas atuais de mobilidade: rampa de acesso, sistema de ajoelhamento e piso baixo.

Constellation 33.440 Tractor: o mais potente VW confirma força da sinergia no Grupo TRATON

Em mais um projeto de sinergia no grupo, o Constellation 33.440 reúne características de sucesso das marcas VW e MAN em um protótipo único: a consagrada cabine Constellation à robustez do chassi e motor MAN. O projeto alia as expertises da engenharia brasileira e alemã na busca da melhor configuração para uma aplicação tipicamente brasileira. A solução já está em testes de fábrica para atender aos segmentos canavieiro, no transporte da cana-de-açúcar do campo para a usina, e no madeireiro, para levar toras de madeira reflorestada.

O motor MAN D26 gera 440 cv de potência e a mais extensa curva de torque plano da categoria, fornecendo 2.200 Nm de 950 rpm a 1.400 rpm. A transmissão automatizada é ZF, com 16 velocidades. A capacidade do tanque de combustível, de 515 litros, é adequada à operação.

Outra característica customizada é a opção dos eixos traseiros com redução no cubo, que estende sua capacidade de tração, o que torna este protótipo mais robusto e ideal para aplicações com alto desempenho no transporte pesado. A combinação do motor D26 com a transmissão de 16 velocidades e o eixo com essa tecnologia promove a maximização da eficiência operacional, com performance e consumo de combustível otimizados para a aplicação.

Os freios contam com tambor nas rodas dianteiras e traseiras, ampliando a durabilidade nos trechos de poeira e terra batida, com a segurança dos sistemas ABS (que evita que a roda bloqueie quando o pedal de freio é pisado fortemente e entre em derrapagem), EBD (funciona em conjunto com o sistema ABS e tem a função de distribuir a força de frenagem entre as rodas do veículo), ATC (que evita o patinamento das rodas) e EasyStart, de auxílio de partida em terrenos com subida.

A capacidade máxima de tração (CMT) com redução nos cubos fica em 125 toneladas e, em conjunto com os atributos de robustez, desempenho e custo operacional, possibilita elevada disponibilidade e produtividade à operação.

O operador ainda pode gerenciar os modos on-road e off-road da aplicação pelo simples acionamento de um botão, em que a estratégia de troca de marchas da transmissão automatizada é diferenciada, justamente para atender com eficiência às condições em que o veículo eventualmente precise trafegar por rodovias. O resultado é um modelo sob medida para trechos fora de estrada, com grande capacidade de carga, robustez do chassi e conforto na operação.

Delivery Express inaugura conceito de implementado de fábrica para VWCO

Fruto de um investimento de R$ 1 bilhão na nova linha Delivery, um novo campeão tem sua estreia mundial na IAA. O Delivery Express chega com o conceito de implementado de fábrica para oferecer uma facilidade a mais ao cliente da Volkswagen Caminhões e Ônibus: a rapidez de entrega do modelo completo pronto para rodar. O veículo que todo motorista pode dirigir combina o conforto de um automóvel à robustez típica de um caminhão de verdade. Por ter seu PBT de 3,5ton ele se enquadra no segmento brasileiro de caminhonetes.

Com o maior espaço interno da categoria nos mercados em que já atua, a cabine do novo Delivery agrega o que há de mais inovador em termos de ergonomia, conforto, espaço interno e robustez. Para propiciar esse resultado, seu desenvolvimento começou de dentro para fora. Posição de dirigir, empunhadura do volante e regulagem de altura do banco foram as premissas iniciais.

Antes mesmo de acelerar, é toda uma nova experiência: a concepção dos bancos contou com a colaboração de dezenas de pessoas de diferentes estaturas e portes físicos, de modo que a condução seja confortável para todos.

A segurança é outro ponto alto: a cabine avançada ainda oferece melhor visibilidade em saídas de aclives ou curvas, proporcionando mais agilidade nas tomadas de decisão pelo motorista. A manobrabilidade se destaca como a melhor da categoria nos mercados em que atua, graças ao maior ângulo de esterçamento e ganho na capacidade de realizar as manobras em vias estreitas.

No painel, o modo de condução econômica permite ao motorista acompanhar as indicações sobre os momentos ideais de troca de marcha, o que preserva componentes de desgaste e ainda potencializa a redução no consumo de combustível. Dotado de tecnologia Euro 5 e sistema EGR, que dispensa o uso de Arla 32, o Delivery Express é também referência suprema dos diferenciais que a linha entrega: têm a melhor potência e torque frente seus principais competidores.

A nova geração da linha Delivery foi projetada e desenvolvida para definir um novo patamar no atendimento às necessidades do cliente, combinado aos valores atemporais Volkswagen: soluções sob medida, perfeita funcionalidade e qualidade visual. Assim foi criada uma linguagem lógica de design, com a ênfase dada pelo time de design na funcionalidade e na estética singular.

O Delivery Express inaugura um novo nicho de mercado para a Volkswagen Caminhões e Ônibus, o disputado segmento de 3,5 toneladas, e junto com toda a nova família Delivery chega para revolucionar o transporte de cargas no segmento de caminhões leves.

18 de Setembro de 2018

Volkswagen Caminhões e Ônibus entra em nova fase para revolucionar indústria de transportes

Até o dia 27 de setembro, a IAA será palco de grandes mudanças: a Volkswagen Caminhões e Ônibus marca sua nova era no desenvolvimento de tecnologias limpas e conectividade para apoiar a evolução da indústria de transportes. Nesta nova fase, a montadora revoluciona com conceitos exclusivos de veículos elétricos em sinergia com as demais marcas do Grupo TRATON.

Em outra frente, a empresa avança também em conectividade: a ferramenta RIO vai desembarcar na América Latina em 2019 para oferecer soluções digitais aos clientes da Volkswagen Caminhões e Ônibus. Em sua nona participação na feira, esta é a primeira vez que a montadora divide o espaço em um hall exclusivo com todas as demais marcas do Grupo TRATON.

Um dos novos expoentes desse movimento da empresa é o e-Delivery, que já ganha mercado e apresenta um novo conceito modular para construir o veículo, permitindo a configuração de diferentes capacidades de carga e autonomia. Pela primeira vez também, o veículo traz componentes de tração elétrica desenvolvidos pelo Grupo TRATON para seu trem de força.

Na mesma linha de diversificação para atender às necessidades dos clientes, o Volksbus e-Flex revela um sistema inovador de arquitetura flexível para eletrificação. O segredo dessa solução exclusiva está em aliar tecnologias que combinam diversas possibilidades de recarga e abastecimento, com conceito que vai além da hibridização.

Outra atração que consagra a sinergia entre as marcas do grupo é o Constellation 33.440, que combina a robustez do chassi e motor MAN à consagrada cabine da família VW Constellation. O modelo mais potente da Volkswagen vai estar lado a lado na feira com o Delivery Express, o mais leve da família VW e fruto de um ciclo de investimentos de R$ 1 bilhão com o novo conceito de venda do veículo completo, implementado de fábrica.

“Este é um momento histórico para nós. Ao mesmo tempo que voltamos às nossas origens como Volkswagen Caminhões e Ônibus, seguimos com nossos avanços ao manter a comercialização e produção dos veículos MAN na América Latina em adição aos produtos Volkswagen e pavimentamos o caminho para o futuro com as tecnologias que vão ganhar o mercado. Com isso, apoiamos de forma decisiva o Grupo TRATON em sua missão de se tornar campeão global com inovação, presença mundial e rentabilidade”, afirma Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.